Implantes dentários

O que são implantes dentários?

São raízes artificiais produzidas em titânio e que são instaladas nos ossos maxilares através de uma pequena cirurgia, possibilitando assim a confecção de próteses sobre as mesmas. É a modalidade  de reabilitação protética mais moderna e eficiente.

O implante odontológico representa um tratamento de grande confiança e bem estar ao paciente, proporcionando melhoras na vida social do indivíduo.

Os implantes podem substituir um ou mais dentes perdidos, ou até mesmo uma arcada dentária inteira.
Eles melhoram qualidade de vida dos pacientes, eliminando muitas das inseguranças associadas às dentaduras ou pontes móveis, além de aumentarem sua eficiência mastigatória e aparência estética.
Após a cirurgia para instalação dos implantes, é necessário que se espere por um período de 3 à 6 meses para que haja a cicatrização óssea e união entre o osso e o implante. Essa união é chamada de osseointegração primária.
Nesse período de cicatrização é necessário que se tome todos os cuidados e siga as recomendações do bucomaxilofacial, para que uma boa evolução pós-operatória ocorra.
Após a cicatrização dos implantes, eles exercerão a função das raízes dos dentes e poderão suportar coroas dentais. Assim, sempre existirá uma fase cirúrgica, seguida por uma fase protética, onde serão confeccionadas as próteses dentárias.

Existe a rejeição dos implantes?

Nos implantes dentários não ocorrem rejeições, pois eles não são células ou tecidos, e sim feitos de uma liga de titânio. São biocompatíveis, ou seja, são constituídos de materiais que o organismo aceita ou tolera. O que pode ocorrer é a não osseointegração, que seria a falta de união do osso ao implante. Esta situação felizmente apresenta uma ocorrência muito baixa, cerca de 2 a 3 % dos casos.

O que é Carga Imediata ?

A Carga Imediata consiste na instalação dos implantes e colocação das próteses na mesma cirurgia.  Diferente das técnicas convencionais, onde aguarda-se a cicatrização para a colocação da prótese.    Desse modo, a prótese é instalada sem que haja a necessidade de espera para que ocorra cicatrização. Lembre-se que essa técnica é indicada apenas em circunstâncias específicas e varia de caso a caso. Faz-se necessário uma avaliação minuciosa e ilsolada de cada situação clínica.

Quando precisa-se  fazer um enxerto ósseo? Existem alternativas ?

Em situações em que o paciente tenha perdido os dentes há muito tempo pode ocorrer uma diminuição do osso remanescente, tornando, em algumas circunstâncias, a instalação dos implantes muito difícil, ou até mesmo impossível. Nesses casos, a estética é também muito prejudicada pela perda de gengiva. Em resumo, não existem osso e gengiva suficiente para instalação dos implantes.

A resolução destes casos envolve a colocação de enxertos antes da instalação dos implantes, para que seja possível a obtenção de um ganho ósseo que irá possibilitar a colocação dos implantes, seguidos das próteses. Esses enxertos podem ser do próprio paciente ou de natureza sintética, dependendo da quantidade e tipo de enxerto necessário.

Quais são os cuidados antes e após a cirurgia ?

Os cuidados pré-cirúrgicos essenciais são o uso correto dos medicamentos prescritos e a programação para possíveis ausências em compromissos (trabalho, escola) durante o período de recuperação após a cirurgia.

No período pós cirúrgico, existem limitações para as quais o paciente deve estar preparado. Os cuidados pós-cirúrgicos principais incluem tomar a medicação prescrita, higiene oral, dieta pastosa, repouso e decúbito elevado.

Como cuidar dos implantes dentários ?

Além dos cuidados habituais de higiene, como escovações, uso de fio dental e enxaguantes bucais, os retornos periódicos ao consultório são essenciais. É neste momento que iremos avaliar o trabalho realizado e as necessidades de cada paciente.
Avalia-se também a saúde óssea, gengival, higiene do paciente e suas expectativas em relação aos resultados do tratamento. Além do aspecto da gengiva, língua, lábio, bochecha, dentes, próteses, etc.

Os implantes devem ser indolores, portanto, qualquer sensibilidade ou mobilidade deverá ser avisada ao dentista responsável.
O paciente também não deve possuir hábitos de ranger ou apertar os dentes, quer esteja dormindo ou acordado. Isto produz sobrecarga nos implantes e podendo causar danos irreversíveis. Caso isso ocorra, o paciente será orientado a buscar o tratamento adequado para cada caso.

 

Dr Steno Pieri - CROSP: 67929

IPeCamp- Instituto de Periodontia e do Implante de Campinas

 

IPeCamp - Instituto de Periodontia e do Implante de Campinas

Av Norte - Sul, 1073 sala 10 - Cambuí - Campinas- SP

Tels: (19) 3201-1601 / (19) 3213-2911 / (19) 9 9122-0684 ( whatsapp)

 

 

 

 

 

IPeCamp - Instituto de Periodontia e do Implante de Campinas

Unidade Cambuí: Av Norte-Sul, 1073 sala 10, Bairro Cambuí, Campinas - SP

Unidade Guanabara: Av Barão de Itapura, 2310 sala 62 Guanabara, Campinas- SP

Tel : (19) 3213-2911 (19) 3201-1601

WhatsApp(19) 9 9122-0684

Facebook


Como chegar

Tour Virtual